segunda-feira, dezembro 27, 2010

Artigo 6 - Mulheres "Definições" by me





          Mulheres - "Definições" by me

 Já avisando, o texto a seguir não é recomendado para moralistas hipócritas. Eu escrevi dizendo meu ponto de vista sobre as mulheres, classificando elas em categorias, as quais são : Internet; Amiga; Unicórnio; Mãe e Mulher da Vida. Leia, aprecie e ria :
 Internet : É aquela amiga que, por msn, orkut, twitter e qualquer coisa que esteja ligada a internet, diz que te ama, que você é mil e uma maravilhas. Porém quando os dois se vêm pessoalmente, não dizem nem um : "oi"; ou a menos olham na cara do outro. Gosto de conversar bastante com essas via internet, é bom para desabafar. Conheço várias, várias mesmo.
 Amiga : Não tem muito o que explicar, mais existem dois tipos de "amigas". À amiga, que está sempre do seu lado, apoiando suas decisões não importando se esta certa ou errada, ela sempre vai estar junto com você. E existe também à "amiga", sim... só quem é irônico entendeu os "aspas". É a falsa, quando esta junto de suas queridas amigas, ignora você completamente ou humilha você de uma forma bem bacana.
• Unicórnio : Primeiro, esse nome veio de uma brincadeira com um amigo meu. À mulher Unicórnio nada mais é, do que aquela menina bonita, aparenta ser legal, inteligente e engraçada, quase perfeita. Único problema nela, é que ela não sabe que você existe. Não importa o que você faça, ela nunca vai te notar.
 Mãe : Pode ser denifida na própria palavra, mãe... aquela que gerou você, e cuidou de você quando você era um ser inútil e burro, tudo bem, alguns ainda são. E também pode ser denifida, naquela amiga, que vira uma segunda mãe, de tanto que aconselha e ajuda você em momentos difíceis, ou pode chamar ela de Amiga Verdadeira.
 Mulher da Vida : Para quem entende o sub-título "mulher da vida", é a mulher cujo seu papel na sociedade é vadia, puta, piranha e por ai vai. Ela também serve quando você está na "seca", famosa fase de quando não pega ninguém, claro vai ter um custo, no mínimo 50 reais.
 Bom, este artigo ficou meio extenso, mas é para mostrar meu ponto de vista sobre as mulheres, lembrando que você mulher, que leu e se ofendeu, lembre-se : Reflita e pense bem, pois se você é uma mulher da vida, você pode tirar muitos homens daquela fase infeliz.

domingo, dezembro 26, 2010

Mensagem de Ano Novo



 Bom, queria dizer que vou começar a escrever meu Artigo de número 6, amanhã, dia 27. Mas eu vim aqui para desejar a todos meus leitores, que no máximo são 5, um Feliz Ano Novo, e cheio de novas oportunidades e felicidades, para você e toda sua família.
 Mas agora, o que eu acho do ano novo? Eu não acho, não gosto e não precisava ter comemorações e fogos. Acho totalmente inútil e sem sentido... tudo bem, alguns falam : "novo ano, vida nova!"; mentira, minha vida não muda, só se for a dos outros... ou talvez um complo do destino com azar.
Enfim, você que gosta de comemorar o Ano Novo, curta com responsábilidade, sem beber e coisas afins, Feliz Ano Novo e Boas Festas. E deixarei um vídeo de motivação que gostei muito :


terça-feira, dezembro 21, 2010

Artigo 5 - Por que as pessoas têm medo da morte?



Por que as pessoas têm medo da morte?

 Esse tema foi sugestão novamente. Uma pergunta que parece simples, porém, se for parar para pensar, é muito difícil de responder. Porque ao certo você não sabe o motivo, as vezes arranjam resostas superficiais, como : "tenho medo de morrer sim, se for afogado/queimado"; entretanto, você vai morrer do mesmo jeito. Claro, uma morte menos dolorosa deve ser melhor, ou não.
 Algumas pessoas dizem preferir morrer de uma vez, tipo um tiro. Algumas dizem que querem morrer atropeladas, ou alguma morte lenta, com chance de voltar à vida. Outras tem medo por não saber o que vai acontecer... você vai morrer, obvio. E as pessoas que não tem medo da morte, estão ligadas mais na parte da religião, dizem que vão para um lugar melhor. Bom nesse assunto eu fico no meio termo, não sei mesmo se vão para um lugar melhor, ou se esse lugar existe como falam.
 As pessoas pensam insanamente na própria morte, isso é fato. Mas o problema não está na morte em si, mas além dela... como "o que vai acontecer depois?"; não sei o porque dessa dúvida mortal, vocês deveriam ter medo de viver, por que à vida é que vai te fazer sofrer, principalmente o amor. Você acha que vai sentir dores ou tristezas depois de morrer... não, morto não sente nada. Você vai descansar, vai ficar deitadinho debaixo da terra em sete palmos de profundidade. As pessoas que não tem medo é pelo fato da religião intervir nisso, as pessoas pensam na morte e sentem medo dela, pelo fato de não acreditar nas palavras de Deus, e viver uma vida sem limites, ao extremo. E quando falam para elas sobre morte, elas não tem resposta para a pergunta e, dizem o que eu citei no começo do texto. Esse artigo ficou curto, pois não tenho muito o que falar deste assunto, e à resposta para essa pergunta é "À falta da crença em Deus!".

domingo, dezembro 19, 2010

Temas

Artigo 5 : Por que as pessoas têm medo da morte?
Artigo 6 : Mulheres (?)

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Artigo 4 - Por que comemoramos nosso aniversário?


Por que comemoramos nosso aniversário?


  Bom, depois de receber esse tema de sugestão, resolvi escrever sobre ele. O que vem a ser o Aniversário? Aniversário é o dia que marca a data do nascimento de uma pessoa, tal data será lembrada por pessoas a sua volta todos os anos de sua vida pacata. Para as pessoas que não te conhecem, nada mais é do que um dia normal e chato, não é nenhum feriado e nada em especial. E o que as pessoas fazem em seus aniversários? Acertou, gastar e gastar mais dinheiro, não acho errado gastar dinheiro em seu aniversário, a menos que você tenha trabalho por ele. Ai sim, gaste a vontade.
 E quem gosta de aniversário? Se pensou o aniversariante, errou... as lojas, shoppings, e coisas afins. Por que? Por que eles lucram, simples assim. Se você vai ganhar um presente, exemplo chocolate, não vai querer uma caixa da Garoto e sim, uma da Nestle, bem cara e enfeitada. Por que? "Ah, é mais gostoso."; não primogênio de prostituta, é chocolate mesma coisa, é por pura frescura e incentivo da mídia que você gosta de coisas caras e importadas.
 Para não contornar muito o assunto, eu penso que as pessoas gostam de Aniversários, para serem lembradas, por que sempre se sentem sozinhas e tristes. A menos que você seja um rico, cheio de vadias ao seu lado. Então, e nesse dia, a maioria das pessoas ao seu redor, lembram de você, conversão com você, abraçam você, e na maiora das vezes, te dão algum presente. Quem não gosta de ganhar presente? Uma coisa que você não pagou para ter, uma coisa que vem do dinheiro dos outros, fácil assim.
 E ganhando estes presentes, você se sente alegre, lembrado, e pensa que é necessário na vida de alguém, mas na verdade, você não é. As pessoas te dão presente por querer que você retribua quando for o aniversário dela. Se está me achando um grosso, eu sou... e também abra os olhos e veja, o mundo é cruel. Um dia você pode ter um amigo, dinheiro e uma bela namorada, no outro... esse seu amigo pode estar transando com a sua namorada, e você pode estar falido. O Mundo foi assim, é assim e sempre será. Encare a realidade.
 Bom, o normal quando uma pessoa faz aniversário, é fazer uma festa, chamar os amigos para sair ou descansar. Porém, existem aniversarios em que as coisas não dão muito certo, pois a sociedade não deixa. Como uma pessoa que trabalha 12 horas dia, vai descansar ou fazer uma festinha para relembrar o dia de seu nascimento? Não tem como, e também outros casos, à pessoa não tem condição de fazer uma festa, ou não tem tempo livre, pois trabalha, cuida de filhos ou estuda de mais.
 O que eu penso sobre aniversário é : nada mais é do que um dia de merda, em uma sociedade de merda. Todos meus aniversários são iguais, nada de legal, máximo recebo alguns "parabéns"; e parei com festas de aniversário quando tinha 9 anos. Enfim, não gosto de aniversário, por mim podia passar despercebido. Não gosto de aniversário alheios, pois as pessoas só querem se apercer, mais do que o normal, nesse dia e querer que todo mundo de parabéns à ela.
 O que os outros pensam sobre aniversário? Algumas pessoas pensam que aniversário, é a melhor data do ano, penso o contrário... "é uma merda que acontece a cada um ano completo". Outras pessoas pensam que é um ano a menos de vida, tenho que concordar... nunca gostei de fazer aniversário pelo simples fato de crescer e, ganhar algumas responsabilidades. E outras pessoas pensam que com a vinda de um aniversário, automaticamente ela vai se tornar um adulto, mas é ai que ela erra. Ela se torna adulta, quando sua mentalidade chega ao nível de uma pessoa culta e intelectual.
 Não basta você ter 26 anos e ser um analfabeto-funcional, analfabeto-funcional é uma pessoa que não sabe interpretar um texto simples, como o de um jornal... depois que lê, só responde coisas simples, não uma argumentação que convence o ouvinte. Se você tem uma idade avançada, honre ela tendo uma mentalidade do mesmo nível. Se você gosta de fazer aniversário, respeito sua opinão... desde que essa opinião venha de uma mente que fez aniversário junto com você!

Artigo 4 e 5

 Bom, já tenho temas definidos para o Artigo 4 e 5... serão os seguintes :


- Artigo 4 :  Por que comemoramos nosso aniversário?
- Artigo 5 :  Por que as pessoas têm medo da morte?

sábado, dezembro 11, 2010

Artigo 3 - Por que os Idiotas são Felizes?





                                           Por que os Idiotas são Felizes?

 As vezes me deparo com essa pergunta, e penso bastante à respeito. Por que afinal, na maioria do tempo eu sou um idiota. Mas primeiramente, o que vem a ser um Idiota?
 Idiota é um ser, cujo seu papel é ser retardado na sociedade, com idade mental de no máximo 12 anos, ele adora fazer babaquices e irritar as pessoas. Na maioria das vezes consegue esses objetivos com sucesso, pois com o tempo o idiota vai aperfeiçoando sua prática em fazer merda e a  irritar as pessoas, que automaticamente vai fazendo essas coisas... sem perceber. Fiz essa descrição de cabeça, se pensa ao contrario, pode ter certeza que o papel do idiota é o mesmo para todos. 
 Minha opinião sobre o idiota é, que na maiora das vezes ele consegue estragar tudo ao seu redor, mas tudo mesmo. Mas quando ele não estraga as coisas, ele tenta através da idiotice, fazer alguma pessoa amada ou algum amigo... feliz! Vai dizer que nunca rio de um idiota fazendo idiotice? Então, e muitas pessoas não consegue viver sem ter um em sua vida, pois muitas vezes o dia está chato, bem tedioso, e logo o idiota alegra, sei disso por que faço essa função na escola.
 Para começar então a introdução do assunto, "Por que eu acho um idiota feliz?"; não pelo fato de eu ser, muito pelo contrário... não sou, e se eu for feliz algum dia, eu aviso. Voltando, um idiota pode ser feliz de várias formas, irritando, alegrando, fodendo a vida de alguém... e por ai vai. 
 Irritando... como alguém pode ser feliz fazendo isso? Simples, irritando uma pessoa que você quer chamar atenção, você vai conseguir isso... apenas de uma forma errada. Bom, se você quer ser feliz irritando, boa sorte... escolha a pessoa que você mais odeia na face da terra, e começe a irritar, agora! Ainda está lendo? Assim não vai conseguir irritar a pessoa que deseja.
 Alegrando... fazer idiotice com intuito de fazer alguém feliz, isso me parece burrice. Mas não, se você quer fazer essa pessoa feliz, não importa como, seja idiota! Parece besteira, mas funciona... sempre que eu faço algo do gênero, as pessoas riem, não da minha cara (?)... mas sim da babaquice que eu acabei de fazer. Mas não abuse disso, se não você vai acabar cometendo erros e vai acabar fodendo a vida e alguém.
 Mas como assim : "Fodendo a vida de alguém"? Você começa fazendo idiotices para uma pessoa que não é muito chegada em você, depois de um certo tempo, essa pessoa começa a criar uma raiva compulsiva por você, e ela começa a desejar que você exploda, ou que sua mãe quebre a perna varrendo a calçada. E por fim, você começa a extressar essa pessoa, que vai ficar muito nervosa, vai descontar essa raiva em outras pessoas que não tem nada a ver com a "treta", e essa pessoa acaba com a própria vida nos auge de seus incríveis 17 anos, e virgem. Não vou prolongar muito o assunto, se não entra na questão de "Trollar".
 As outras pessoas não vêem o idiota como uma pessoa feliz, na maioria das vezes... vêem ele como uma pessoa com problemas pessoais, e para tentar descarregar um pouco deles, fazem as coisas que fazem. Mas não, ou a pessoa se sente bem fazendo essas coisas... ou ela tem mesmo os problemas e os outros estão certos.
 Enfim, eu sei que o texto em si, ficou uma bosta... mas mensagem que eu quero passar por de tráz dele, é que : Você não precisa ser como a sociedade quer, estilo rico, bonito, com um vocabulário ótimo e coisas do tipo. Não, você não precisa ser tudo isso para fazer alguém feliz, ou mesmo ser feliz, basta de você. E também... não sei por que escrevi esse texto, ficou muito "no-sense", mas quis dizer que ser Idiota no bom sentido, é sim uma boa escolha para ser feliz. Não que sendo idiota eu consegui, mas estou em busca. E também... sem os idiotas, a vida não teria graça nenhuma

...

Bom, depois de dois Artigos, escrevi meu terceiro. Único problema, é que ele em si, ficou uma merda. Talvez eu poste ele mais tarde.

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Artigo 2 - Em Busca de Felicidade

  
                                                  

                                                            Em Busca de Felicidade

 As vezes você deve se deparar com essa pergunta : "afinal, qual é a verdadeira felicidade?". Bom depois de uma breve pesquisa com a seguinte pergunta : "o que é felicidade para você?"; eu refleti e cheguei a algumas conclusões que vou dizer nesse texto. 
 Minha Opinião : Felicidade para mim se resume em uma serie de fatores, como : amor, família, amigos e reconhecimento. 
 Bom, "amor"... uma palavra muito difícil para muitos né? Para mim não é diferente, a busca pelo "amor perfeito", muitas pessoas devem fazer isso a vida inteira, e fazendo isso consequentemente elas perdem o melhor da vida, e perdem as oportunidades que a vida oferece... e algumas delas, até morrem sem achar o "Amor Verdadeiro".
 Família, tem algo melhor do que ver seus entes queridos felizes? Alguma reunião de família, com Tios, Avós, Primos, todo mundo rindo e conversando... bom acho isso inexplicavél! 
 Amigos, existe uma melhor forma de ser feliz do que estar perto deles, nos momentos bons ou ruins da vida, sempre um apoiando o outro em momentos difícies. E aquelas conversas jogadas fora, aquelas risadas, aquelas bagunças. Algo melhor do que fazer seu amigo rir? Para mim não... é uma coisa única fazer alguém rir, independente da situação, rir descarrega a sua raiva e sempre deixa feliz.
 E ser reconhecido, quem não quer chegar no fim da vida e poder falar : "sim, eu fui alguém que fiz a diferença!"; independente como fez essa diferença, na sociedade ou na vida de alguém. Deve ser uma sensação muito boa essa, estilo "dever cumprido". 
 Opinião Alheia : Existem diversas formas de encarar a felicidade, creio que a felicidade é um sentimento pessoal. Algumas pessoas pensam que a felicidade para elas, é ao redor dela, estar com as pessoas que o sastifazem e os deixam felizes de verdade, pois assim elas vão encarar a vida com um animo melhor. E consequentemente, proporcionando uma qualidade de vida melhor, para essa pessoa, e para as pessoas ao seu redor. 
 Outras pessoas, buscam a felicidade na forma financeira, pensam em bens materias... as vezes esquecendo a verdadeira felicidade, que se resume no seu bem estar, nos amigos que você "cultiva" durante a vida, gerando grandes amizades no futuro. E quando a pessoa pensa que conseguiu a felicidade, através do dinheiro, ela se depara com uma palavra forte... chamada : "solidão"; e ve que, tudo aquilo que ela buscou e conquistou, não valeu de muita coisa, por que no fim, ela vai estar com dinheiro, mas sem amigos, e dinheiro compra felicidade?
 Porém, se uma pessoa é rodeada de amigos, é feliz assim... e adquiri uma boa quantidade de dinheiro, mas sem perder seu caráter, e ter direito a algumas "mordomias" graças ao dinheiro, ela também irá conseguir ser feliz, com a ajuda do dinheiro você pode sim ser feliz, contanto que você o use com sabedoria e não deixe que ele te faça esquecer os momentos felizes que você teve com as pessoas que você ama.
 E agora vem o grupo de pessoas, que posso dizer... são as desacreditadas. Que quando você pergunta : "o que seria felicidade para você?"; elas te respondem com um : "não sei". Que no fim, se fazer a mesma pergunta daqui a exatos 20 anos, vão responder isso : "não sei, nunca parei para pensar"; e para essas pessoas que estão lendo, e estão pensando : "poxa, não sei o que é felicidade para mim"; busque ela! Descubra, explore o mundo... o mundo está cheio de maravilhas, pessoas boas, mulheres/homens, lugares bons para se viajar e etc.
 Conclusão : Portanto, a felicidade é algo pessoal, não se busca em conjunto, mas sim no indívidual... e se procura no interior na pessoa, e você vai descobrindo uma "felicidade diferente" a cada dia, a cada minuto, a cada segundo. A felicidade pode ser adquirida em cada sorriso que você provoca no próximo, cada abraço recebido, cada gesto de carinho que é demonstrado. Pois a felicidade do outro pode ser o seu inferno, e vice-versa.

Créditos finais : Adriano César da Silva, mestre.
                        Kevin Lucianer, pela ajuda.

Artigo 1 - A Incrível Arte de Trollar




                                              A Incrível Arte de Trollar

Primeiramente você tem que saber o que é um Troll. Este consiste em uma pessoa cujo comportamento tende, sistematicamente, a desestabilizar, provocar e enfurecer pessoas envolvidas em alguma discussão. Já a “Trollagem”, é botar isso em prática com eficiência.
Agora que você sabe o que é um Troll, vamos a segunda parte: "Como se Trolla uma pessoa?".
Existem várias formas de se Trollar uma pessoa. Para simplificar, Trollar nada mais é do que "zuar" alguém, fazendo com que tal prática ocorra diariamente com pessoas do seu cotidiano.
A arte da Trollagem pode ser classificada em: Trollagem Básica, Trollagem Defensiva, Trollagem Cotidiana e Trollagem Vicious.
Trollagem Básica: Consiste em zuar pouco uma pessoa, só para deixá-la desconfortável com a situação, para cortar o barato dela. Essa prática é bastante usada contra as pessoas que falam de mais.
Trollagem Defensiva: Nome auto-explicativo, usada para se defender de uma situação constrangedora, deixando seu "oponente" envergonhado. No bom português, "com a cara no chão". Exemplo de situações para se usar: você está em uma reunião da empresa em que trabalha, faz um comentário infeliz e logo, alguém faz uma Trollagem Básica contra você. Isso te obriga a revidar, usando assim a Trollagem Defensiva.
Trollagem Cotidiana: Ela é simples, com o uso frequente da Trollagem você começa a criar um pequeno vício em usá-la, o que faz com que as respostas (Trollagens), aconteçam automaticamente. Eu me encaixo perfeitamente nessa categoria.
Pode ser usada quando fazem o uso do Pleonasmo, mais conhecido como redundância ou repetição desnecessária, do tipo "Subir para cima!"; logo você complementa: "Lógico, não tem como subir pra baixo... mula!".
Trollagem Vicious: Essa já é um caso grave. Ocorre quando a pessoa se torna dependente da Trollagem, sentindo necessidade de Trollar qualquer um, independente do grau de parentesco, em toda e qualquer situação. 
Mas afinal, a Trollagem é importante? Na minha humilde opinião, por ser um tipo de mestre nessa "Arte", digo que depende da situação. Já ocorreram ocasiões em que perdi amigos por fazer o uso da Trollagem. Pois algumas vezes você magoa pessoas, e isso é ruim. Pelas experiências passadas posso afirmar que com uma simples Trollada, você pode destruir uma amizade que levou meses ou até anos para construir.
Portanto, a Trollagem nada mais é do que se esconder trás da zuação e da ofensa, para se defender. Porque na maioria das vezes o usuário da Trollagem é uma pessoa frágil, carente, e que necessita de amor. Porém, por não saber se expressar, ela acaba agredindo as pessoas com a Trollagem. Eu recomendo o uso da Trollagem, mas para descontrair uma conversa ou animar algum ambiente, sempre atento para que não se atinja o nível máximo da Trollagem, o Vicious. Pois isso torna seu caso grave e, talvez, sem solução.

Créditos finais ao Adriano César da Silva, mestre.